Qual a importancia do teste de estanqueidade?

O teste de estanqueidade é um procedimento que utilizamos para verificar se há vazamento devido à corrosão ou desgaste nos tanques de combustível e também nas tubulações e nas conexões, para que seja possível evitar acidentes.

Esse teste é realizado no Sistema de Armazenamento Subterrâneo ou Aéreo de Combustíveis, linhas e respiros, e só há liberação para abertura ou renovação da licença para operar a base de abastecimento, caso esse procedimento seja realizado e o teste esteja estanque.

Laudos atualizados do teste de estanqueidade nos Sistemas de Armazenamento Subterrâneo de Combustíveis (SASC) precisam ser apresentados anualmente e para Tanques aéreos conforme tabela abaixo, sempre na renovação do licenciamento. Eles devem conter detalhes sobre as condições dos equipamentos, o que inclui avaliação da parte molhada (com combustível) e da parte seca (sem combustível). Tubulações e conexões também passam por averiguação. O objetivo é garantir que o líquido contido no reservatório não tenha contato com o meio ambiente.

O teste de estanqueidade irá:

  • Avaliar as condições dos equipamentos onde são armazenados os combustíveis
  • Avaliar tanto a parte com combustível (molhada) como a parte sem combustível (seca)
  • Avaliar as tubulações e as conexões

Tudo isso é necessário para avaliar se os tanques e as tubulações não apresentam algum vazamento de combustível ou de gás, nenhuma infiltração e nenhuma corrosão, com o intuito de garantir que o equipamento inteiro está em perfeitas condições de funcionamento e a segurança do estabelecimento quanto a possíveis acidentes.

Quando devo fazer o teste no meu posto?

A periodicidade do teste de estanqueidade deve ser de 12 meses, no máximo, mas pode variar de acordo com a legislação ambiental do município ou do estado em questão, não devendo ser superior a 5 anos.

Entretanto, caso haja desconfiança de que está havendo problemas no equipamento, como vazamentos de substâncias, o teste deve ser feito de imediato, mesmo que tenha sido realizado antes dos 12 meses, para evitar possíveis acidentes.

O laudo do teste de estanqueidade deve ser assinado por um engenheiro responsável de uma empresa que esteja devidamente regularizada e então apresentado ao órgão ambiental responsável.

Benefícios do teste de estanqueidade
  • Identificação de problemas e correção nas fases iniciais (evitando maior desgaste e maior risco para o local)
  • Redução de gastos com manutenção (visto que, quando detectados precocemente os custos com reparo são bem menores)
  • Prevenção contra acidentes que podem gerar perdas materiais, econômicas e humanas
Conclusão

Como você viu, o teste de estanqueidade é necessário para abrir ou manter uma base de abastecimento funcionando, por meio da autorização dos órgãos responsáveis.

Além disso, ele também é essencial para evitar acidentes que coloquem em risco à vida das pessoas e que tragam problemas estruturais e financeiros para você e o seu negócio.

Facebook
LinkedIn
Instagram
Open chat
Powered by